Feliciano é comparado ao Papa Francisco por posições conservadoras

O papa Francisco foi ovacionado pela população brasileira e tratado com muito respeito pela imprensa. Mas assim como odeputado Marco Feliciano (PSC-SP), Jorge Mario Bergoglio já se manifestou publicamente contra a união de pessoas do mesmo sexo e contra o aborto.

A diferença de tratamento entre os dois religiosos foi questionada pelo próprio deputado. “Assim como eu, o papa condena casamento de pessoas do mesmo sexo, a descriminalização das drogas e o aborto. Mas, no caso dele, a mídia aplaude. Por que o papa é tratado como popstar, ovacionado, e eu, tão atacado?”.

Quando era arcebispo em Buenos Aires, na Argentina, Bergoglio travou uma luta contra a presidente Cristina Kirchner para impedir que o casamento entre pessoas do mesmo sexo fosse aprovado e chegou a dizer que esta união seria um “movimento do diabo para destruir o plano de Deus”.

Assim como Feliciano, o papa enfrentou protestos no Rio de Janeiro, manifestações organizadas por ativistas homossexuais e grupos feministas que levaram centenas de pessoas a tirarem a roupa ou fazerem o chamado ‘beijaço gay’ para protestar contra a interferência da igreja no Estado e na vida das pessoas.

Incomodado com a forma como algumas dessas manifestações aconteceram, Feliciano questionou onde estava a imprensa, em particular a Rede Globo, que não noticiou esses protestos. “Onde estava a TV Globo, que não mostrou as manifestações contrárias ao papa, o beijaço e etc? Isso é discriminação religiosa contra mim, contra o pastor Silas Malafia e outros”, disse.

Em seu blog o jornalista Lino Bocchini, da revista Carta Capital, comparou o posicionamento conservador de Feliciano com o do Papa e afirmou que Francisco “é um Feliciano com muito mais poder e o apoio da Globo”.

“Homofobia, machismo, apego ao dinheiro, religião interferindo no Estado. Os motivos que inspiram o “Fora Feliciano” se aplicam ao papa. Com o agravante de que ele é bem mais poderoso”, concluiu o jornalista.

O texto de Bocchini teve grande repercussão nas redes sociais e atraiu diversas críticas, muitos católicos não gostaram da comparação e outros entenderam que o jornalista tem preconceitos com os religiosos.

COMPARTILHAR:

+1

0 Comentario "Feliciano é comparado ao Papa Francisco por posições conservadoras"

Postar um comentário

Obrigado por Comentar!

Curta nossa fã page

Comentários